XenServer: plataforma de cloud computing da Citrix agora é open source

Em 2007 a Citrix comprou o Xen, um hypervisor open source utilizado por grandes empresas como a Amazon Web Services e Rackspace. Porém o seu produto XenServer ainda não adotava a filosofia open source em sua totalidade, mas agora a Citrix anunciou que toda plataforma XenServer está disponível em código aberto.

O XenServer é uma plataforma robusta de virtualização de servidores, cloud computing e datacenters que utiliza como hypervisor o Xen. Ela fornece algumas características e funcionalidades importantes como:

  • Xen – hypervisor Xen Project utilizado por grandes datacenters como Amazon Web Services e Rackspace;
  • XenMotion – elimina a necessidade de downtime para manutenção dos servidores físicos, pois permite a migração de máquinas virtuais sem criar indisponibilidade nas aplicações hospedadas nas VMs;
  • XenCenter Multi-Server Management – gerenciamento e monitoração das máquinas virtuais e servidores físicos em uma única interface;
  • High Availability – reinicia uma máquina virtual, o hypervisor ou o servidor físico caso uma falha ocorra. Permite o uso de Link Aggregation nas interfaces de rede para redundância e aumentar a largura de banda de comunicação entre os hosts e storage;
  • Host Power Management – consolida as VMs em poucos servidores físicos desligando os demais hosts para economizar energia;
  • Heterogeneous Pools – permite a criação de cluster de servidores físicos com diferentes tipos de processadores e mantendo o suporte completo ao XenMotion, alta disponibilidade e balanceamento de carga.
  • Role-based administration – permite a criação de níveis de permissão para a administração da solução de virtualização.

Existem outras funcionalidades importantes para virtualização de um datacenter e a lista completa pode ser obtido em xenserver.org.

A versão XenServer 6.2 já pode ser baixada no domínio do projeto xenserver.org e o código fonte está hospedado no github.

Como ambiente de testes e laboratório você pode testar e conhecer melhor as funcionalidades do XenServer instalando-o em uma máquina virtual do VMware Player e provavelmente no Virtualbox também, com a limitação de não conseguir instalar máquinas virtuais Windows dentro do hypervisor. O Dan Nanni do xmodulo.com postou como isso é possível criar um lab do XenServer no VMware Player.

Cursos Online para Auditor de TI do TCU

Também existe um vídeo tutorial do Edivaldo Brito (em português) que mostra muitas funcionalidades do XCP – Xen Cloud Plataform (projeto baseado no que existia de código fonte aberto da plataforma XenServer da Citrix). Neste vídeo várias funcionalidades como Live Migration e recuperação de falhas são demonstradas. O vídeo tem cerca de 1 hora e vale a pena assistir para entender o potencial da tecnologia do XenServer. O interessante que o XCP para ambiente de testes foi executando dentro do VMware Player também. O detalhe que o Xen Cloud Plataform, por limitações do que existia de código fonte aberto do XenServer na época, não possuía todas as funcionalidades disponíveis do XenServer 6.2 open source, ou seja o produto XenServer agora é muito superior ao antigo XCP.

Outro detalhe é que devido ao lançamento da versão 6.2 com licenciamento open source o XCP foi descontinuado e não ganhará novos releases.

Agora com a disponibilização com licenciamento open source é possível construir uma infraestrutura de cloud computing com muitas funcionalidades semelhantes e talvez até superior em relação aos produtos VMware.

Fernando Mariano

Formado em Engenharia de Computação e atua como Administrador de Sistemas há mais de 9 anos e desenvolve sua startup no mercado de concursos públicos chamada Enter Concursos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta